Quarta, 21 Novembro 2018 11:10

Capiberibe destaca no Plenário que assinou requerimento para a retirada de urgência do projeto que flexibiliza a Ficha Limpa

O senador também afirmou que espera decisão rápida do STJ sobre ação penal contra o governador do Amapá

matéria_18-11-21.jpg
O senador João Capiberibe destacou nesta terça-feira (20) em Plenário que assinou requerimento revogando o pedido de urgência para o Projeto 396, de 2017, que altera a Lei da Ficha Limpa. “Completei, como Líder do bloco, as assinaturas necessárias para dar entrada na Mesa, e esperamos que esta Casa adie essa votação”, explicou Capi.

O socialista também assinou outro requerimento, que está em tramitação, para que os senadores possam devolver esse Projeto para uma discussão mais profunda nas Comissões. “Ao contrário, o momento é grave, e a gente precisa fazer com que as leis se tornem cada vez mais rígidas no combate à corrupção e ao desmando. A Justiça também tem de ser cada vez mais ativa para que os processos eleitorais sejam cada vez mais imparciais”, ressaltou na Tribuna do Senado.

Decisão Judicial – Capiberibe enfatizou, ainda, em seu discurso que espera que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) finalize, no dia 5 de dezembro, o julgamento de ação penal contra o atual governador do Amapá, Waldez Góes, reeleito no segundo turno, em 27 de outubro. Ele é acusado de não repassar para os bancos o dinheiro de empréstimo consignado descontado do contracheque de servidores públicos.

Só no atual mandato, segundo explicou Capi, foram R$ 313 milhões desviados, e em um mandato anterior, R$ 74 milhões. “É fundamental que o STJ decida, porque se declara ele [Goés] inocente, ele tem tranquilidade para governar, mesmo diante das atribulações que ele mesmo construiu. Se o declara culpado, dá uma chance ao povo do Amapá de eleger um outro candidato”, declarou Capiberibe.

Justiça Eleitoral - O senador também lamentou a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá que considerou nulos os votos em seu favor, no primeiro turno das eleições. “A medida beneficiou o atual governador, pois muitos eleitores, ao tomarem ciência da decisão, mudaram a opção de voto. Mesmo tendo sido a decisão revogada posteriormente, perdemos 10 dias da campanha do segundo turno”, finalizou.

Texto: Agência Senado e Assessoria de Comunicação senador Capiberibe

bannerda tv

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2017

00000001

capi sustentavel

livro morte nas aguas

capi youtube
Sua ideia pode virar Projeto de Lei

Newsletter

  1. Twitter

Endereço

Ala Sen. Afonso Arinos - Gab. 08
CEP: 70.165-900 Brasília/DF
Telefone: (61)3303-9011
Fax: (61)3303-9019
Email:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.