Segunda, 09 Outubro 2017 17:41

Senador Capi quer união para fazer funcionar o centro cirúrgico do HCAL

O senador João Capiberibe (PSB) participou na manhã desta segunda-feira, 09, de reunião na secretaria de Estado da Saúde (SESA), que foi convocada pela Justiça Federal, a fim de dar celeridade na compra de equipamentos e na conclusão das obras de construção do novo centro cirúrgico do Hospital de Especialidades Alberto Lima (HCAL).

Em 2014, o senador Capi destinou mais de R$ 5 milhões para compra de equipamentos destinados ao Centro Cirúrgico do HCAL o que vai permitir a realização de cirurgias nas mais diversas áreas, principalmente, ortopédica e oftalmológica.

No entanto, o senador está preocupado porque os equipamentos estão chegando e as obras do novo centro cirúrgico estão paradas desde 2014. "Nós queremos ajudar a resolver esse problema. Aqui não tem bandeira partidária. Existe apenas uma, melhorar o atendimento da saúde para a nossa população", disse o senador.

Segundo o representante da Secretaria de Estado da Infraestrutura (SEINF), presente na reunião, eles aguardam a conclusão de um convênio com o Ministério da Saúde para que a obra seja retomada.

O senador Capi sugeriu que a SEINF faça um contrato emergencial para finalizar a construção do centro cirúrgico e das enfermarias, viabilizando a instalação dos equipamentos adquiridos com dinheiro de emenda parlamentar de sua autoria. Com essa medida, o Hospital voltaria a realizar cirurgias.

A preocupação do senador aumentou após a juíza Federal Lívia Perez informar que existem 100 pacientes de câncer aguardando cirurgias. "São previstas cinco por semana, mas apenas uma cirurgia é realizada. Quem tem câncer tem pressa", desabafou a juíza.

Artroscópio

A aquisição de aparelhos artroscópios que vão permitir a realização de cirurgias ortopédicas, também foi abordada na reunião. A Sesa comprou em 2014 dois aparelhos. No entanto, em 2015 foi cancelado o processo para aquisição desses equipamentos.

Se o Estado tiver os aparelhos, a despesa para o erário vai ficar em torno de R$ 2 mil por cirurgia. Hoje as cirurgias são feitas na rede privada e custam para os cofres públicos em média R$ 60 mil.

O senador Capiberibe disse que para melhorar e avançar no atendimento da saúde precisa ter comunicação. “Nós estamos conseguindo executar muitas das nossas emendas através da Gestão Compartilhada. É hora de colocarmos em prática na saúde e começarmos nos comunicar, assim as coisas vão andar”, disse.

Uma próxima reunião coordenada pela Justiça Federal vai ocorrer no próximo dia 23, as 9h da manhã. A expectativa que a equipe de governo apresente uma proposta fechada para a conclusão das obras do novo centro cirúrgico, que serão visitadas nessa ocasião.

bannerda tv

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2017

00000001

capi sustentavel

livro morte nas aguas

capi youtube
Sua ideia pode virar Projeto de Lei

Newsletter

  1. Twitter
mais-noticias

Endereço

Ala Sen. Afonso Arinos - Gab. 08
CEP: 70.165-900 Brasília/DF
Telefone: (61)3303-9011
Fax: (61)3303-9019
Email:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.