Quinta, 06 Julho 2017 12:27

Capiberibe votou no Conselho de Ética a favor de recurso que pedia o desarquivamento do processo contra o senador Aécio Neves

O senador João Capiberibe participou nesta quinta-feira (6) da reunião do Conselho de Ética do Senado que analisou o recurso contra o arquivamento do pedido da cassação do mandato do senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Após ler um trecho da gravação realizada entre o diretor da JBS Ricardo Saud com o primo do senador Aécio Neves, Frederico Pacheco de Medeiros, Capiberibe afirmou que ficou claro que houve uma transação criminosa e ilegal em nome de Aécio Neves. “No processo contra o senador há gravações, fotografias, há provas suficientes”.

“O julgamento no Conselho de Ética é político. A sociedade não acredita mais em nós senadores. A partir do momento que não damos sequência ao relatório do senador Randolfe, estamos desgastando o Senado Federal e aumentando a desqualificação da política. O que está em jogo é a imagem do Conselho de Ética e a imagem do Senado Federal. Arquivar esse processo é fechar os olhos, mas reitero que a sociedade não vai fazer o mesmo”, ressaltou Capiberibe.

Para o leitor entender, o presidente do Conselho, senador João Alberto Souza (PMDB-MA), arquivou representação por quebra de decoro parlamentar contra Aécio apresentada pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), por considerar que não havia provas suficientes e que o pedido era "improcedente".

Após essa decisão, o senador João Capiberibe e outros parlamentares entraram com um recurso contra o arquivamento do pedido de cassação de Aécio Neves. Na ocasião, inclusive, o Capiberibe afirmou que a decisão do presidente do Conselho foi “uma medida autoritária”.

 

Foto: Rafael Nunes

bannerda tv

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2017

00000001

capi sustentavel

livro morte nas aguas

capi youtube
Sua ideia pode virar Projeto de Lei

Newsletter

  1. Twitter
mais-noticias

Endereço

Ala Sen. Afonso Arinos - Gab. 08
CEP: 70.165-900 Brasília/DF
Telefone: (61)3303-9011
Fax: (61)3303-9019
Email:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.