Quarta, 05 Julho 2017 19:09

Capiberibe reforça que não vai colocar seu nome em um ato tão irresponsável que é aprovar a Reforma Trabalhista

Senador João Capiberibe (PSB/AP) voltou a falar hoje (5) na tribuna do Senado sobre a Reforma Trabalhista. “Me causa angústia de saber que essa Casa, o Senado da República, não pode acrescentar e nem retirar uma só vírgula da Reforma Trabalhista que o Governo mandou para o Congresso Nacional. Isso é algo inadmissível”.

“A Reforma terceiriza, estabelece turno intermitente, precariza a situação dos trabalhadores, não tem uma vírgula sequer a favor do trabalhador, ou seja, apenas um lado foi ouvido, o lado patronal. Mas, a produção não se faz só, o empregador é fundamental”, destacou.

Capiberibe enfatizou, também, que “a Reforma Trabalhista que poderá ser aprovada no Senado, tal qual foi apresentada pela Câmara, foi feita com as propostas das federações patronais, da CNI, da CNA, que incluíram tudo aquilo que desejavam, ao longo desses anos todos e retiraram qualquer direito dos trabalhadores”.

A sociedade brasileira está decepcionada com sua representação política e não se sente representada pelo Parlamento. “Essa é a minha angústia em ver que o Senado da República, uma Casa que consome bilhões de reais do trabalhador brasileiro, vai votar uma reforma sem que possa acrescentar ou retirar uma única vírgula”.

“ Estamos falando de uma Reforma Trabalhista apresentada por um governo sem qualquer credibilidade, um governo que já tem três de seus ministros presos. Como é possível que o Senado acolha uma proposta dessas? O presidente da República está respondendo por crime comum, um fato inédito na República, e nós estamos dando credibilidade a uma proposta desse governo? Não contem comigo para isto. Jamais eu colocaria minha assinatura embaixo de um ato tão irresponsável para com a sociedade brasileira”, finalizou Capiberibe.

 

Veja aqui a ínegra do discurso:

 

Foto:Rafael Nunes

bannerda tv

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2017

00000001

capi sustentavel

livro morte nas aguas

capi youtube
Sua ideia pode virar Projeto de Lei

Newsletter

  1. Twitter

Endereço

Ala Sen. Afonso Arinos - Gab. 08
CEP: 70.165-900 Brasília/DF
Telefone: (61)3303-9011
Fax: (61)3303-9019
Email:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.